Imprimir
Categoria: Diversos
Acessos: 2416
 Por Claudio Humberto.
Assessores do governo Lula precisaram de apenas 6 meses para torrar R$ 36,2 milhões através de cartão corporativo, superando em R$ 3,2 milhões o que gastaram ao longo de 2006. O cartão corporativo é um serviço que permite aos funcionários do governo federal a realização de saques ou pagamentos de rotina sem a necessidade de autorização prévia. "O governo Lula é uma farra de escândalos" - desabafa o deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) - "ele usa um biombo legal, mas nada transparente, para esconder onde e como foram desperdiçados recursos do contribuinte". Dados do Portal da Transparência, mantido pela Controladoria-Geral da União, mostram a evolução dessas despesas desde 2004. Naquele ano, petistas gastaram R$ 14,1 milhões. Em 2005, R$ 21,7 milhões. No ano passado foram registradas despesas de R$ 33 milhões