Por Edgard
Considero as vaias no Maracanã ao Lula, a melhor e mais correta pesquisa de opinião já feita no Brasil, desde a eleição De 2002. Foram 90.000 os pesquisados, e não 2000 ou 3000 indivíduos espalhados por 158 municípios brasileiros. Estes 80.000 estavam concentrados e livres para declarar sua opção.
E a opção, foi a vaia.

Texto completo  

Lembro--me de 1970, antes do embarque da seleção brasileira para o México, onde conquistaria o tri-campeonato.
O Presidente Médice chegava ao Estádio, sem alarde, sem grandes comitivas, apenas alguns assessores, seu 'radio de pilha' ao pé do ouvido. De repente o 'povão' percebeu sem que alto-falante algum anunciasse , que o Presidente Médice estava no Estádio.
Começaram os aplausos, que foram engrossando, até que odo o Maracanã estava batendo palmas.
Nunca me esqueci dessa cena. Outros ,como eu, devem ter articipado dessa cena histórica e lembrar-se como ocorreu.
 
Hoje, vi o lado opôsto. Após a terceira menção ao seu nome Lulla , o falastrão, não sabia o que fazia. Foram 3 vaias.
As cameras de TV não mais focalizaram a tribuna de honra.
De repente, após a fala do mexicano Presidente da ODEPA, Nuzmann pede o microfone e  "declara abertos os Jogos Panamericanos".
Destruiu-se uma tradição de 14 Jogos Pan-americanos. Tudo porque Lulla foi vaiado.
Todo indivíduo autoritário não suporta ser questionado. Sendo um ser medíocre e iletrado, aí é que não agüenta. O que aconteceu no Maracanã ,hoje , foi a suprema humilhação para este que "NUNCADANTESNESTEPAÍS" levou tal paulada.
 
O povo tarda mas não falha.
Já se disse que no Maracanã, apenas o Papa João Paulo II,  Presidente Médice, Frank Sinatra e Pelé nunca foram vaiados.
 
Lulla teve o que merece ,há muito tempo. Ele pensa que engana a todos, todo o tempo. Agora viu que não é assim.
 
PS. Marco Aurélio Garcia e Marisa Letícia  estavam presentes.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar