Dilma destaca 'honradez' de Itamar e decreta luto de 7 dias
Portal Terra_  02/07/2011

Itamar faz pronunciamento à Nação em 30 de dezembro de 1992, já como presidente do País 
A presidente Dilma Rousseff divulgou nota oficial lamentando a morte do senador e ex-presidente Itamar Franco, que morreu na manhã de deste sábado em São Paulo.

Texto completo

 

 

No comunicado, ela afirma que Itamar presidiu o País em um momento crucial e deixou uma trajetória exemplar de "honradez pública". Segundo a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, haverá luto oficial de sete dias e a presidente irá ao velório, em Belo Horizonte.
"Foi com tristeza que recebi a notícia do falecimento do senador e ex-presidente Itamar Franco. Dirigente do País em um momento crucial da nossa história recente, o presidente Itamar nos deixa uma trajetória exemplar de honradez pública. O Brasil e Minas sentirão a sua falta. Neste momento de dor, quero transmitir meus sentimentos a seus familiares e amigos", disse.
Dilma ofereceu à família de Itamar o Palácio do Planalto para a realização do velório, mas o desejo do ex-presidente era ser velado em seu Estado de origem, Minas Gerais. Haverá dois velórios: um em Juiz de Fora, e outro em Belo Horizonte.
Itamar Franco morreu na manhã de hoje, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ele estava internado desde o dia 21 de maio, para tratamento de leucemia. O estado de saúde de Itamar piorou ontem, quando ele passou a respirar com a ajuda de aparelhos. Nesta semana, o senador foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Einstein com um quadro de pneumonia.

Comments powered by CComment