Os frutos colhidos na marcha 
Correio Braziliense - 18/08/2011
Brasilenses expressam apoio à marcha que provocou engarrafamentos pela manha na cidade. À tarde, Dilma foi ao encontro das trabalhadoras rurais no Parque da Cidade e prometeu atender a diversas reivindicações em áreas como educação e saúde.
Em encontro com as mulheres, presidente Dilma Rousseff promete melhorias nas áreas de saúde, crédito e civil
A presidente Dilma Rousseff anunciou ontem, no encerramento da Quarta Marcha das Margaridas, uma série de medidas nas áreas de saúde, crédito e civil para as trabalhadoras do campo e da floresta. Confirmou ainda a criação de um grupo interministerial, com reuniões semestrais, para acompanhar as melhorias prometidas. O encontro da presidente com as manifestantes ocorreu no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, que estava repleto de trabalhadoras rurais vestidas de roxo. Dilma mostrou-se simpática, colocou um chapéu de palha e encerrou sua fala avisando: "Quero deixar um abraço caloroso para vocês e dizer que também sou uma presidente Margarida", disse ela, para delírio das presentes.
O atraso de Dilma, contudo, incomodou as manifestantes. O horário inicialmente previsto para a solenidade era 16h, mas a presidente só chegou pouco depois das 17h. "Ô, Dilma, cadê você? Eu vou embora sem te ver", gritavam as manifestantes. Quando Dilma chegou, vestida com um tailleur roxo — mesma cor símbolo da marcha —, toda a animosidade foi embora e ela foi recepcionada como a "primeira mulher presidente eleita no país".
Segundo ela, a presença no encontro representava um momento especial — "não apenas como presidente, mas como mulher e cidadã". Dilma disse que estava muito emocionada por participar, "no primeiro ano de governo da primeira mulher eleita presidente do Brasil para responder às reivindicações das mulheres do campo".(...)
(...)O governador Agnelo Queiroz esteve no encontro ao lado da presidente Dilma e de mais seis ministros. "As metas de vocês, que também se ajustam à de todos os brasileiros, e toda a sociedade, estão fortalecidas. Recebemos todas as margaridas com muito carinho e solidariedade. O Distrito Federal também é a casa de vocês. Estamos aqui para ouvi-las. Tenho a certeza absoluta de que este ato não foi em vão", disse.(...)
                                                 xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Observação do site www.averdadesufocada.com : Confusa com três mudanças de ministros e naquele momento com a situação do ministro Wagner Rossi, Dilma cometeu uma gafe das grandes: referiu-se ao governador ao seu lado como Agnelo "Rossi"

Comments powered by CComment

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar