MST Volta a atacar - ocupação de prefeitura/BA.
MST já ocupa 9 prefeituras na Bahia
O Globo - 12/01/2012 
SALVADOR. Com a ocupação da sede da prefeitura de Itajuípe, no sul da Bahia (a 413 km de Salvador) ontem, chega a nove o número de prefeituras tomadas por integrantes do Movimento de Trabalhadores Sem Terra (MST). Também foram invadidas anteontem as sedes das prefeituras de Prado, Itabela, Camamu, Igrapiúna, Queimadas, Rodelas, Curaçá e Santa Brígida.
Texto completo

Segundo Isael Santana, coordenador do MST em Itajuípe, o objetivo é cobrar das prefeituras melhorias nas condições de estrutura e de
 

      Integrantes do MST, na piscina da prefeitura
      de Prado, que funciona em um antigo hotel
      da cidade, durante a ocupação (09/01/2012)

                               

funcionamento das escolas dos assentamentos, e a continuidade da luta contra o fechamento das escolas do campo.À tarde, uma comissão com integrantes do MST e da prefeitura reuniu-se com o prefeito Marcos Dantas (PSD). Em Itabela, após negociações, o prefeito Osvaldo Gomes Caribé (PMDB) se comprometeu a visitar os assentamentos amanhã. Em Camamu, o MST cobra melhoria nas estradas, na merenda e no transporte escolar, pois muitos alunos são transportados em carrocerias de caminhões.
Ano passado, após as ocupações, vários prefeitos da Bahia chamaram os sem-terra para negociações. O presidente da União das Prefeituras da Bahia (UPB), Luiz Caetano, prefeito de Camaçari, não foi localizado ontem para falar das invasões.
Segundo o MST, as ocupações este ano ocorrem porque os acordos não teriam sido cumpridos pelas prefeituras.

 

Comments powered by CComment

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar