Embaixador Luiz Felipe Lampreia
Luiz Felipe Lampreia
Questões de Política Internacional
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Enviado por Luiz Felipe Lampreia - 24.1.2012
Cuba:uma visita desnecessária
A presidente Dilma vai visitar Cuba em uma saia justa pois nada terá a ganhar pelo silêncio ou, menos ainda, pela solidariedade com um regime que, além de terminal, é profundamente injusto com seu próprio povo mergulhado na miséria e na repressão.

Texto completo
O argumento da não-interferência nos assuntos internos de outros países – uma tradição brasileira que vinha do Barão do Rio Branco- já foi abandonado por diversas vezes no governo Lula,que chegou a  subir no palanque eleitoral de alguns colegas sul-americanos.Essa primeira razão para nada dizer sobre as brutalidades da ditadura cubana não vale, portanto.
A segunda razão para,pelo contrário, dizer algo está em que o regime cubano mantém no cárcere mais severo centenas de oposicionistas de consciência, além de deixar morrer muitos que fazem greves de fome de protesto.Esta violação fundamental dos direitos humanos é inaceitável e impediria um silêncio total de nossa parte.Quando estive em Cuba como chanceler em 1997 fui objeto de severa crítica de Fidel apenas por ter recebido para uma conversa discreta,previamente anunciada ao governo cubano,com o senhor Elizardo Sanchez,presidente do Comitê de direitos humanos de Cuba.
A morte do opositor Vilman Vilmar, após muitos dias de greve de fome, a carta aberta de Yoanny Sanchez e a persistência do fechamento do regime – malgrado os esforços de Raul Castro para, pelo menos, fazer uma abertura à la Geisel (“lenta,gradual e segura”, lembram?) – tudo isto coloca o governo brasileiro e a presidente em especial em posição desconfortável.Por isso, não consigo entender a razão da visita.Se era para pagar esse preço, melhor teria sido ficar em casa.
Fonte: http://oglobo.globo.com/blogs/lampreia

Comments powered by CComment