Por Diogo Mainardi
Aconteceu em 1984. Eu era estudante de economia em Londres. Margareth Thatcher mandou fechar 20 minas de carvão e despedir cerca de 20 mil trabalhadores. Thatcher, a filha do dono de uma mercearia, raciocinou como a filha do dono de uma mercearia e, com isso, revolucionou nossa sociedade, resgatando as idéias do maior pensador econômico de todos os tempos, Adam Smith. Adam Smith demonstrou que a cobiça de um indivíduo pode ser nefasta, mas a soma da cobiça de todos os indivíduos cria um equilíbrio ideal, que propicia o enriquecimento das nações. Levei mais de 20 anos para aceitar esse princípio elementar e me transformar num porco direitista. O mundo levou mais de dois séculos. O Brasil ainda não chegou lá.
 
Escute-o em:

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar