Imprimir
Categoria: FORO DE SÃO PAULO
Acessos: 4408

 Por Reinaldo Azevedo

O assessor de assuntos internacionais bolivarianos de Lula, Marco Aurélio Garcia, falou que a derrota de Hugo Chávez no plebiscito para alterar a Constituição venezuelana em nada altera a disposição do PT de propor uma Constituinte para mudar a constituição brasileira. Que dúvida...

Texto completo  


"Não, em absoluto, não tem nada a ver uma coisa com outra". Ora vejam, de que boca sai a opinião que representa o pensamento do lulo-petismo. Reparem. O PT começou neste domingo, durante a eleição para a executiva nacional, a recolher assinaturas para a apresentação de um projeto "popular" criando uma Assembléia Constituinte. Para que o projeto seja considerado, é preciso reunir cerca de 1,3 milhão de assinaturas em pelo menos cinco Estados.

E ele diz:"Não é uma Constituinte abrangente e refundacionista como está colocado em outros países", destacando que a proposta do PT é bem diferente de outras reformas constitucionais em curso na região. Falou em entrevista para a agência noticiosa BBC.

Se não é "tão abrangente" é refundacionista sim . Faz parte da ação conjunta em pleno andamento na Venezuela, na Bolívia e no Equador, oras bolas. Tudo orquestrado, tendo em Marco Aurélio o operador bolivariano do governo Lula entre os governos de Chávez, Evo Morales e Rafael Correa.

Tem mais. O norte do plano é o Foro São Paulo. O que explica a "beirada" dada aos terroristas das Farc colombianas na levada do "plano". São membros do Foro São Paulo. Explica a ação de Hugo Chávez difundindo a "luta" das Farc, na condição de "mediador" para a libertação dos reféns, quando na verdade é admirador e parceiro dos narco-traficantes marxistas.

E explica também, anotem, o "consenso" sobre botar Lula nessa de mediador entre as Farc e o governo Colombiano . O mote é a "admiração" que oposicionistas e representantes da "sociedade civil", as desses países e daqui, têm por Lula. Quem não conhece essa turma que acredite nas "diferenças" entre o lulo-petismo e os bolivarianos cucarachos.


Reinaldo Azevedo