Imprimir
Categoria: Diversos
Acessos: 3002
 Você apenas mostra estar despreparado para entender o que ocorreu no Brasil e como foi a contra-revolução promovida pelos militares. Suas frases são mais uma palavra de ordem, e me convence que você não consegue formular uma mais inteligente a partir de seu raciocínio próprio. Lamento, mas você apenas engrossa as fileiras e se soma àqueles que se deixam enganar.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Texto completo
 
Quanto aos militares, eles têm diversas origens dentro de nossa socidade. Assim como os políticos, os médicos, os engenheiros, os engraxates  e até mesmo os marginais, eles representam a nossa sociedade.
 
O que os caracterizam é o fato de posssuírem um profundo sendo de cidadania, coragem e preparo.
 
Eu entendo que devemos sempre assegurar um compromisso que foi forte por ocasião do Império: o da valorização da missão das Forças Armadas como guardiãs da Nação. Pois este é na sua essência o seu papel. No seu prestígio e na sua eficiência e eficácia repousam a paz social e a segurança interna e externa de nossa Pátria, bem como o merecido realce desta no cenário internacional. E para tanto você deve entender o significado de nação.
 
Antes que você nos venha novamente escrevendo absurdos, recomendo que estude a história do Brasil e entenda o importante papel das forças armadas, muito embora elas tenham criado um regime de excessão, por certo asseguraram a liberdade ao povo brasileiro, e se comparararmos com o que ocorreu em outros países, a violência embora cruel e injustificável, no Brasil produziu poucos excessos. Na Alemanha, onde tenho origem, foram centenas de milhares os mortos e presos devido ao socialismo, entre os quais muitos parentes meus, pois a minha família é da Saxônia, parte da Alemanha que perdeu a liberdade e se viu subjugada a um regime de déspotas, como se não bastasse as duas décadas anteriores e por fim o Bombardeio de Dresden.
 
Perdi dois primos que tentavam fugir para a liberdade e me revolta saber que pessoas ingênuas e despreparadas como você, que pouco conhece sobre a história, venha a ofender os militares.
 
 
Lhe recomendo que leia sempre as duas ou mais versões, pois a realidade, esta, somente a Deus pertence. Leia o livro "Direito à Memória e à Verdade", mas leia também o livro "A Verdade Sufocada - A história que a esquerda não quer que o Brasil conheça" em que narra as estratégias usadas pela esquerda para esconder seus crimes cometidos durante ações armadas com táticas terroristas e só trazer à tona os crimes dos militares.
 
 
Acesse também o Site de um dos autores: http://www.averdadesufocada.com/, nele poderá ter subsídios para sua pesquisa.
 
A propósito, o livro "Direito à Memória e à Verdade" me foi encaminhado por parte de uma entidade pública, mantida com recursos públicos. Ja o livro "A Verdade Sufocada - A história que a esquerda não quer que o Brasil conheça" eu o adquiri através de recursos próprios, e  isso depois de tentar adquirí-lo exaustivamente, não pelo fato dele ter se esgotado, mas sim pelo fato de que muitas livrarias sofreram pressão e ameaças para não vendê-lo. O que me convenceu que não vivemos em um país livre e sob o Estado de Direito, embora isto esteja escrito na nossa Constituição - nossa lei maior.
 
Abraços,
 
Gerhard Erich Boehme
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Caixa Postal 15019
80811-970 Curitiba - PR