O primeiro dia da visita do papa Francisco ao Brasil deve motivar protestos no Rio de Janeiro e em outras capitais. O primeiro ato é um beijaço organizado por entidades de defesa dos direitos da comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais). O evento tem concentração marcada para as 14h desta segunda-feira, no Largo do Machado, na capital fluminense, e deve seguir em marcha até o Palácio Guanabara às 17h, local onde será realizada a cerimônia de boas-vindas ao Pontífice.
Também em frente ao Palácio Guanabara, a Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea) realizará um "desbatismo" público. O ato está marcado para as 17h na capital fluminense e em outras quatro cidades: São Paulo (praça da Sé), Belo Horizonte (praça da Estação), Curitiba (Boca Maldita) e Ribeirão Preto (SP, praça Quinze de Novembro).

  O grupo reclama do uso de dinheiro público para a realização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e pede que o Estado deixe de financiar eventos religiosos.

Outro protesto também reclama dos gastos públicos com a visita do Papa - organizado pelo grupo Anonymous do Rio de Janeiro, o ato terá concentração no Largo do Machado às 18h. Os manifestantes também pedem a renúncia do governador Sérgio Cabral e do vice-governador, Luiz Fernando de Souza, o Pezão, e exige o fim da violência policial nos protestos.

?Papa Francisco no Brasil 
Com um público estimado em 1,5 milhão de pessoas, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013 ocorre entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. O evento, realizado a cada dois ou três anos, promove um encontro internacional de jovens católicos com o Papa. A última edição da JMJ ocorreu em 2011, em Madri, na Espanha, e reuniu cerca de 2 milhões de pessoas, de mais de 190 países.

O evento marca também a primeira grande visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica, em 13 de março desde ano. O Pontífice chega ao Rio de Janeiro na tarde do dia 22 de julho, com retorno a Roma previsto para o dia 28. Sua agenda no Brasil contempla a visita à comunidade de Varginha, no complexo de Manguinhos, na zona norte do Rio, e ao Hospital São Francisco de Assis. Além disso, terá um encontro com a sociedade no Theatro Municipal, no centro da cidade, e ao Santuário de Aparecida, em São Paulo. O ponto alto fica por conta de duas grandes celebrações na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, nos dias 25 e 26.

Comments powered by CComment