Anarquistas dos protestos se reúnem no MT para fazer coquetel molotov
Leonel Rocha
28/07/2013 15h00 - Atualizado em 29/07/2013 19h23

GLADIADORES - É assim que se autoproclamam os anarquistas das manifestações
Primeiro, a ONG Defensoria Social espalhou voluntários pelo país para defender manifestantes presos por vandalismo.
Agora, os anarquistas também recebem treinamento de instrutores experientes.
Nos fins de semana, os jovens se reúnem em cidades de Mato Grosso para fazer coquetel molotov e escudo de madeirite e produzir líquidos que anulam o efeito do gás lacrimogêneo.
Nesses encontros, eles escolhem bancos e empresas multinacionais como alvos de depredação.
Participam dessas reuniões os anarquistas Anonymous, Anarcopunk e Acción Directa, ex-militantes do MST, alguns dissidentes das Farc e remanescentes da guerrilha uruguaia Tupamaros e da Central Operária Boliviana.
Os próximos atos de vandalismo como ação política estão previstos para o desfile de 7 de setembro e o Rock in Rio.

Comments powered by CComment