Por Mayrseu Cople Bahia - Oficial do Exército Brasileiro Reformado
A situação em que se encontra a conjuntura nacional não é surpresa para ninguém. Todos os dias surgem notícias desagradáveis e muito graves na internet, nos meios de comunicação, nos jornais, nas revistas, nas conversas diárias, em periódicos internacionais e a sociedade brasileira continua  a viver num clima de perplexidade, mas nada de positivo acontece, efetivamente, para sanar os problemas mais prementes e existentes.

 
A população ordeira sofre. Diariamente morre  muita gente inocente. Organizações ilegais e até mesmo legais desrespeitam as leis e o povo brasileiro. A corrupção continua. Os discursos são repetitivos e de auto valorização. As mensagens na internet, trocadas normalmente entre as mesmas pessoas, circulam com conteúdos semelhantes com apelos ao resgate dos valores éticos, morais e cívicos da cidadania. 
 
A corrupção é do conhecimento público e passou a ser um fato comum. O Congresso pede para o lento Poder Judiciário julgar. O Poder Judiciário pede para o Congresso legislar. O Poder Executivo  legisla com as suas medidas provisórias e desobedece a Constituição Federal, sobrepondo-se aos demais poderes. Tudo isso a sociedade está presenciando sem exigir, como no passado, medidas concretas, mensuráveis e observáveis, para colocar o País no rumo correto.
 
A apatia que tomou conta da população ordeira e trabalhadora é constatada no dia-a-dia em todos os segmentos da sociedade brasileira. Os poderes da Nação também reconhecem o caos em que vivemos há bastante tempo. CPIs são instaladas e as pizzas são degustadas com feroz sofreguidão. Processos chegam ao fim com vários denunciados e pessoas processadas continuam galgando posições nas casas do Congresso e em outros setores do governo.
 
O dinheiro roubado não aparece. Os responsáveis, constitucionalmente citados, pela manutenção da lei e da ordem se omitem, não se pronunciam e o caos continua. Paga-se um preço muito alto por ser honesto.
O que está se passando na democracia brasileira deste Brasil maravilhoso que merece ser  respeitado mundialmente, se grande parte dos responsáveis pelo seu destino prevaricam e não dizem ao que vieram fazer?
 
A sociedade tem que exigir dos governantes providências  enérgicas e urgentes para corrigir os erros da atual conjuntura nacional. Vamos sair da inércia e reagir democráticamente para a conquista do bem comum do nosso povo.
Acorda Brasil.
Adicionar comentário