ESTADÃO.COM.BR - 15 Nov 2013 

O governo da Guiana anunciou ontem que suas tropas na região da fronteira com a Venezuela estão em estado de alerta. 0 ministro da Defesa guianense, Roger Luncheon, afirmou que os Militares receberam informação de que soldados venezuelanos pretendiam cruzar o Rio Essequibo, divisa de um território controlado pela Guiana, mas reivindicado pela Venezuela.

Luncheon disse que a proximidade da eleição municipal no país vizinho acirrou a "retórica nacionalista". Uma comitiva de opositores venezuelanos deve visitar a região nos próximos dias, sob proteção de forças guianenses. A adoção do estado de alerta é a primeira desde 1982, quando aviões venezuelanos sobrevoaram a área. Em outubro, a Venezuela deteve um navio fretado por uma empresa americana de petróleo para realizar exploração em águas litigiosas.
 

 

Comments powered by CComment