Ilimar Franco - O GLOBO - 07/12/2013
Os movimentos sociais, que tomaram as ruas do país em junho, organizam-se para voltar a protestar na Copa. Comitês de mobilização estão sendo criados nas 12 capitais-sede dos jogos. A ideia é colocar gente na rua nos dias das partidas, na frente dos estádios e nas "fan fest" produzidas pela Fifa. Neste momento, seus líderes percorrem o Congresso em busca de apoio político e logístico.

PT quer adiar a reforma
O Partido dos Trabalhadores e alguns de seus ministros, os que vão concorrer aos governos estaduais no ano que vem, estão fazendo gestões para a presidente Dilma adiar a reforma ministerial de janeiro para o início de abril. Pregam que as mudanças sejam feitas no prazo de desincompatibilização, porque não querem ficar sem a visibilidade do cargo. A situação é mais dramática para os ministros que não têm mandato no Congresso para retomar. Para estes, manter o ritmo de viagens será mais oneroso. Os ministros candidatos não querem ficar longe dos holofotes de janeiro até abril, porque avaliam que ficarão fora da pista até o fim da Copa, em julho.

"Tem gente de que nunca ouvi falar nessa lista, mas está ótima! Chega de figurinha carimbada"
Lula - Ex-presidente da República, para integrantes da CNB, ao ver a lista dos 44 indicados para compor o diretório nacional do PT

Tranquilidade
Ao contrário dos tucanos, no PSB ninguém coloca em dúvida a candidatura de Eduardo Campos ao Planalto. O vice-presidente socialista, Roberto Amaral, diz: "A nossa campanha não para. O Eduardo está animadíssimo". Sobre as pesquisas, avalia: "Eduardo Campos é o menos conhecido, e a campanha só começa para valer em julho, depois da Copa".

Montando o palanque
A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini (DEM), tem dito a aliados que, se o ministro Garibaldi Alves (Previdência), do PMDB, concorrer ao governo, ela não disputa a reeleição e aceita compor para concorrer ao Senado.

A guerra trabalhista
José Vicente Goulart, filho do ex-presidente Jango, declarou guerra ao presidente do PDT, Carlos Lupi, e ao ministro Manoel Dias (Trabalho). Eles não foram ao enterro com honras de chefe de Estado a Jango, ontem, em São Borja. O motivo: a não liberação de recursos do Fundo Partidário para o Instituto João Goulart.

Como sofre um candidato
Para prestigiar o prefeito Arthur Virgílio, o candidato do PSDB, Aécio Neves, promoveu o encontro da Amazônia em Manaus. O governador Simão Jatene, também tucano, não gostou, e Aécio fez, em Belém, o encontro da Amazônia Oriental.

Fica para a próxima
O vice-prefeito de Mauá (SP), Helcio Silva (PT), decidiu assumir vaga na Câmara com a renúncia de Valdemar Costa Neto (PR). O vereador de Campinas, Gustavo Petta (PCdoB), só assumirá após a saída de João Paulo Cunha (PT).

Montando o time
A principal tendência do PT, a CNB, vai manter na Secretaria de Finanças João Vaccari Neto (SP) e na primeira vice-presidência Alberto Cantalice (RJ). As outras duas vices ficarão com indicados pelas tendências Mensagem e Movimento PT.

O jornalista Magno Martins lança terça-feira, na Câmara dos Deputados, "Reféns da Seca" sobre 120 brasileiros à margem dos programas sociais.

Comments powered by CComment