Vera Magalhães - FOLHA DE SP - 07/12
Questionado por empresários e economistas, Guido Mantega (Fazenda) também é alvo de queixas de políticos aliados. Nesta semana, Cid Gomes (Pros) ligou para Dilma Rousseff para reclamar que o ministro estava segurando há mais de 20 dias duas operações de crédito para o Ceará e que não atendeu cinco telefonemas dele. "É mais fácil falar com a presidente que com o Guido", diz o governador. Após a ligação, os projetos foram para a Casa Civil e, no dia seguinte, para o Senado.

Jetlag 1 Após participar de encontro com o ex-presidente americano Bill Clinton na segunda-feira, no Rio, Dilma embarca para a África do Sul para o velório de Nelson Mandela, no dia seguinte. Na própria terça-feira à noite, a presidente volta ao Brasil.

Jetlag 2 O Planalto cancelou as viagens oficiais que a petista faria a Belo Horizonte, na segunda-feira, e Porto Velho, na terça. Está mantido o encontro com o presidente da França, François Hollande, na quinta-feira.

Reserva A secretária-executiva Patrícia Barcelos é a favorita da ministra Maria do Rosário para ocupar a Secretaria de Direitos Humanos na reforma ministerial, quando ela deixará a pasta. O PT, no entanto, gostaria de indicar outro nome para a vaga.

Reação Após manobra liderada por Milton Leite (DEM) para tentar derrotar o prefeito Fernando Haddad (PT) na eleição para a presidência da Câmara Municipal, José Américo (PT) computava ontem apoio de 46 vereadores para se reeleger. Para vencer, são necessários 28 votos.

Bope Presidente do PTB paulista, Campos Machado reage à participação do vereador Adilson Amadeu na articulação: "O PTB não é lugar de rebeliões. Amadeu, seguindo orientação do partido, vai apoiar a eleição do José Américo à presidência".

A conferir Roberto Tripoli (PV), apontado como um dos artífices da rebelião, diz que votará em Zé Américo.

Na berlinda O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo deve julgar na próxima quarta-feira a ação proposta pelo PSDB-SP contra a lei que estabelece o aumento do IPTU na capital paulista a partir de 2014.

Sustentável A direção da Rede em São Paulo deve aprovar hoje um manifesto a favor de uma candidatura própria do PSB ao governo do Estado, contra a aliança que a cúpula pessebista costura em apoio à reeleição de Geraldo Alckmin (PSDB).

No cofre 1 O Supremo Tribunal Federal começa a julgar na próxima semana uma ação proposta pela OAB para acabar com doações de empresas nas eleições. Parte do plenário defende que esse tipo de financiamento seja proibido, apesar do risco de aumento do caixa 2.

No cofre 2 Auxiliares dos ministros ressaltam que, caso decida pela inconstitucionalidade das doações, a corte pode autorizar o Tribunal Superior Eleitoral a editar resolução que crie novas regras para financiamento eleitoral.

Carta... O ex-diretor de Tecnologia e Infraestrutura da ECT Eduardo Medeiros de Morais, afastado em 2006 na onda da CPI dos Correios, sofreu nova derrota, desta vez no TST. Morais queria receber as gratificações que perdeu ao deixar o cargo. A conta era de mais de R$ 200 mil.

... devolvida Morais fez o pedido enquanto aguardava a conclusão de processo da Controladoria-Geral da União contra ele. Como a CGU determinou a demissão do servidor por justa causa e a bem do serviço público, o TST negou o pedido.

Plano B Apesar de o PT nacional ter decidido apoiar a candidatura de Eduardo Braga (PMDB) ao governo do Amazonas, a seção local resiste. O deputado federal Francisco Praciano, o único representante do Estado na Câmara dos Deputados, prefere apoiar Rebecca Garcia, e o PT Mulher também é simpático à deputada do PP.

tiroteio
"Narciso acha feio o que não é espelho: Aécio se preocupa com o que acontece no PT, mas não enxerga os problemas dentro do PSDB."

DO DEPUTADO NELSON PELLEGRINO (PT-BA), sobre a declaração do senador tucano de que a reação dos petistas ao mensalão fazem mal "ao próprio PT".

contraponto

Ator-revelação

"O deputado federal Doutor Rosinha (PT-PR) faz uma ponta no filme ítalo-brasileiro "Anita e Garibaldi", que estreou ontem nos cinemas.

O parlamentar interpreta um médico que atende Anita Garibaldi, interpretada por Ana Paula Arosio.

Ao perceber que a paciente havia morrido, o personagem do petista diz a Giuseppe Garibaldi (Gabriel Braga Nunes):

--Você chegou tarde demais...

É única fala na breve carreira de ator do parlamentar.

Comments powered by CComment