Coluna Ancelmo Gois, O Globo, 01/01/2014
A Comissão da Verdade do Rio prepara uma série de atos públicos para março, marcando o 50º aniversário do golpe.
Trabalha com cinco temas: O caso Rubens Paiva, o atentado à sede da OAB – que matou a funcionária Lídia Monteiro da Silva -, o centro clandestino de tortura conhecido como a Casa da Morte de Petrópolis, a morte da Zuzu Angel e as bombas do Riocentro.

Caros amigos!
Por  Marco Balbi
A respeito da nota acima enviei ao jornal e à coluna a seguinte mensagem:
"Carlos Lacerda, Magalhães Pinto, Adhemar de Barros, Carlos Luis Guedes, Mourão Filho, todos in memoriam, familiares, correligionários e amigos convidam para as comemorações dos 50 anos da reação democrática de 31 de março de 1964. Comprometem-se a só celebrar cinco atos que justifiquem, aos mais jovens, as razões pelas quais nenhum deles vive hoje sob o regime de um Luis Inácio Castro Marighella Guevara ou Kim Jong-un Prestes Roussef. Humildemente pedem permissão às Organizações Globo e ao colunista Ancelmo Gois e a sua equipe que lhes conceda um espaço mínimo, democrático, para que possam se defender das aleivosias que dia sim outro também lhe são achacados em suas páginas. Em nome da democracia. Amém."

Vamos começar o ano panfletando, gente!

Comments powered by CComment