O II Encontro Nacional de Veículos Militares, vai ocorrer nos dias 27 à 30/08/2009. O evento é organizado pelo CLUBE DE VEÍCULOS MILITARES ANTIGOS DO RIO DE JANEIRO (CVMARJ).

No dia 27/08/2009, às 17:00 horas haverá a solenidade de abertura, e depois o coquetel de confraternização, ambos restritos aos colecionadores, familiares e convidados.

O local do II ENVM será o Forte de Copacabana nos dias 28 a 30 de Agosto
.

Fotos do Jornal  Estado - Curitiba - "Seção Acontece no Círculo"

Foi um sucesso o lançamento da terceira edição em Curitiba. Fomos recebidos pelos organizadores com muito carinho.O frio era intenso.A cidade é linda e muito bem cuidada. Para quem não a conhece, vale a pena uma visita.

O lançamento foi feito no Círculo Militar do Paraná, durante um almoço dos oficiais da reserva. O Círculo estava repleto de civis e militares da reserva e da ativa.
 
  
 
Texto completo

O Globo 29/09/2006 - Sem comentários !


 

OPINIÂO
 
APARELHO
 
 "A DESENVOLTA presença de Bruno Maranhão no Palácio do Planalto, fotos do líder do MLST em reunião formal com o presidente Lula e a comprovação de repasses de dinheiro publico para a organização são provas  suficientes da estreita relação desse braço radical dos sem terra com o governo.
 
NA LIBERTAÇÂO do líder e de militantes, presos por causa da depredação do Congresso, apareceu mais um elo provável entre governo e MLST: Gestores da Ouvidoria Agrária Nacional, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, levaram a Justiça a liberar o grupo, contra a vontade de procuradores federais.
 
O MINISTÉRIO agiu como aparelho e não como parte do Estado brasileiro. Maranhão saiu da cadeia e anunciou que trabalhará para a reeleição de Lula. É como se fosse um gesto de gratidão."
 
O Globo - 19 de julho de 2006 - Pagina 10
"A FRASE QUE FOI PRONUNCIADA"
 
"A verdade sufocada. A história que a esquerda não quer que o brasil conheça. "

"Cidadão comum, na porta da Livraria Cultura, lendo em voz alta o título do livro onde o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra mostra o que a esquerda não conta sobre o movimento revolucionário de 1964."
 
Correio Braziliense - 12/07/2006
Coluna Ari Cunha - Visto,lido e ouvido - página 21