Lançamento de livro em Belo Horizonte 

Convite 

Os Presidentes do Círculo Militar de Belo Horizonte, do Grupo Inconfidência e da AOR – EB, Coronéis Ney Guimarães, Waldir Abbês e o Eng.º Paulo Rubens Pereira Diniz, têm a honra de convidar V.Sª e família para a noite de autógrafos, de lançamento do livro “A Verdade Sufocada - A história que a esquerda não quer que o Brasil conheça –“, de autoria do Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, em Belo Horizonte. 

Data: 27 de novembro de 2006 – Hora 20:00

Local: Círculo Militar de Belo Horizonte

End.: Av. Raja Gabaglia, 350 – Gutierrez – BH - MG


 
Amigos,
Concorridíssimo o lançamento do livro " A verdade sufocada " do Cel. Art. Carlos Alberto Brilhante Ustra dia 16 de novembro, em Porto Alegre.  A fotografia foi tirada na fila para obter o autógrafo do autor onde fiquei cerca de uma hora.
Abraços,
C.D.


 Um grupo de Oficiais da Reserva e Civis amigos Do Coronel de Artilharia

CARLOS ALBERTO BRILHANTE USTRA (Res)  

convida para o lançamento em Porto Alegre da 2ª Edição Revista e Ampliada de seu livro: 

“A VERDADE SUFOCADA”

A história que a esquerda não quer que o Brasil conheça, a ser realizado a partir das 18:00 h do dia 16 de novembro de 2006, no  Salão JACUÍ do Hotel Ritter, situado no Largo Vespasiano Julio Veppo,  55. (de fronte à Estação Rodoviária). Comissão Organizadora: Gen Apolônio, Gen Egeo, Gen Lomando, Gen Tibério, Ten Cel Mauro.



Quase mataram o Coronel...

Por Luiz Mergulhão

Cel Ustra e a dedicatória ao Mergulhão
Cel. Ustra autografando meu livro

A fila era interminável e dava voltas no Salão Nobre do Clube Militar no Rio de Janeiro. A tarde de autógrafos do lançamento do livro do Cel Brilhante Ustra, A Verdade Sufocada, era para ter início às 17 horas, mas, meia hora antes, o simpático militar já atendia os inúmeros amigos que acorreram para lhe cumprimentar. E não parou mais. A todos recebia com abraços e uma palavra amiga. Ia escrevendo as dedicatórias uma a uma. Passava das vinte horas e nada da fila terminar e os dedos do Coronel já não se comportavam como deviam. Teimavam em lhe desobedecer e ele aproveitava para levantar e abraçar a cada um para “esticar as costas”...

Texto completo e fotos